10.11.15

O que você fez??? — Diga a verdade!

Ainda nem é natal e já estou ouvindo na minha imaginação a merda daquela música, "então é natal, o que você fez?" e eu estou pensando. O que eu fiz? Já está quase acabando 2015 e o que eu fiz? Nada. É estranho analisar o que fizemos durante 365 dias e perceber que, você não gastou nenhum desses dias para algo que prestasse de fato para a sua vida. Maior parte do meu tempo vivo/vivi/viverei trancafiada em meu quarto, antigamente era por conta que meus pais não gostavam que eu ficasse saindo para a rua, casa de amigas, então ficava só em casa mesmo mas hoje em dia, eu odeio sair. Prefiro ficar em casa, de preferência em meu quarto, esperando as horas passar apenas para dormir e esperar novamente outro dia passar, e assim sucessivamente. 

Eu observo por aí — quando digo por aí, digo na TV e no YouTube/Internet — meninas de 13 anos, 15 anos, 1,19, 25 anos fazendo coisas bem legais, usando a vida delas para de fato viver e se divertir, fazendo coisas interessantes e divertidas e eu? Eu não fiz e nem faço nada. Acho que nem se eu quisesse eu poderia, tenho quase 19 anos e ainda sou vista igual uma criança de 10 anos por aqui, e sim, isso é um saco! 

As únicas pessoas que tenho um "convívio" social são os pré-adolescentes do meu curso de inglês que os vejo duas vezes por semana. Eu gosto deles? Hmmmm... digamos que eu os suporto. Não é nada contra eles, apenas não consigo ter amizade, é meio difícil eu com 18 para 19 anos, conviver com crianças riquinhas e mimadas de 12 à 15 anos. Porém, de qualquer forma, eles não são as pessoas ideais para se conviver mesmo. Percebi esse ano que ficar sem estudar/escola faz uma falta danada para meu psicológico, não digo dos professores, nem provas e atividades, pois disso ai eu não sinto nem um pouco de saudades mas sim, das pessoas da minha idade, das brincadeiras, das conversas, do convívio social. Não sinto falta da escola com a qual tive que estudar na metade do ano passado, mas sim daquela que estudei desde meus 15 anos. Aquela sim sinto saudades, das pessoas da minha sala e das brigas. Das alegrias quando tinha tempo vago ou quando acabava a luz e agíamos que nem idiotas/babacas/retardados gritando. 

Mais um ano acabando, e eu apenas sinto tristeza em saber que eu estou desperdiçando a minha vida pelo simples motivo que eu sou medrosa e cagada de não conseguir enfrentar uma vez na minha os meus pais. 

Nunca dormir na casa da minha melhor amiga, nem se quer pude participar da festa de aniversário dela — desse ano!!!!! — nem posso sair sozinha. Não posso me divertir ou fazer qualquer coisa que é considerado "pecado" ou "errado" para mocinhas. Agrrrh, como essas frases machistas me dão vontade de vomitar. Eu apenas aprendi a gostar de viver trancafiada pelo simples motivo de ter nascido com uma vagina nesse mundo machista e hipócrita. 

Mas do que eu estou reclamando, se eu de fato gosto a ficar sozinha no quarto? Eu estou reclamando, pelo simples motivo que eu aprendi a gostar por obrigação. De que estou cansada de todo ano eu ficar deprê por saber que estou gastando minha vida com nada, de que não me divirto, que vivo como meus pais querem, apenas para deixar eles felizes, mas.. e eu? eu continuo aqui, sozinha em meu quarto ficando cada vez mais mau humorada, tristeza, e um pedaço dentro de mim se apagando.

Não tenho mais ânimo para sonhar, acho que nunca mais sonhei algo bom enquanto dormia, são apenas pesadelos. Não tenho ânimo para sonhar com meu futuro, muito menos para ir atrás deles. Eu me sinto dentro de um poço, um poço sem fundo onde eu, eu aqui, estou caindo tanto, mais tanto que nem se quer enxergo novamente a luz lá em cima. 

15 comentários:

  1. Eu também sinto que as vezes não faço nada, não vivo, nem existo, não sou importante pra ninguém. Mas vivo aqui na internet e nem sei o por quê. E as vezes prefiro a solidão do meu quarto que a convivência com gente chata e que não sabe conversar. Então me identifiquei bastante com o seu post. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  2. é complicado demais, as vezes a gente para e pensa em todos os anos que se passam e parece que a vida não anda pra frente, nada acontece e a mesma coisa de sempre, enifm, me identifiquei algumas partes com o seu texto.

    Beijos
    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir
  3. Hello from Spain: I like your thinking. A very inspiring words.I just discovered your blog and I like the variety of topics that you write. Fashion and beauty are my hobbies with my Barbie doll collection. Right now I have a blog dedicated to those dolls that I invite you to visit: http://all4barbie.blogspot.com.es/ If you want we keep in touch. I already made me a follower of your blog.

    ResponderExcluir
  4. "Percebi esse ano que ficar sem estudar/escola faz uma falta danada para meu psicológico, não digo dos professores, nem provas e atividades, pois disso ai eu não sinto nem um pouco de saudades mas sim, das pessoas da minha idade, das brincadeiras, das conversas, do convívio social."
    Me identifiquei com essa parte do seu texto, realmente é muito triste se sentir sozinha, pior ainda quando você sabe que não pode fazer nada. :/
    Mas no fim vai da tudo certo pra gente Jess... :)

    Você foi taguetada por mim, dê uma olhada em >> http://vestibulandaguerreira.blogspot.com.br/2015/11/tag-13-perguntas-pessoais.html

    Beijoos de Luz ♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é que me deixa deprimida... eu não poder fazer nada :c

      Excluir
  5. Eu penso a cada segundo 2015 foi embora, e nada que pensei conclui
    Novo Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=06avCiMDYGA
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Jéssica, eu te entendo. Tenho 19 anos e também nunca dormi na casa da minha melhor amiga, e também não fui no aniversário dela esse ano, fiquei muito chateada. Fico o dia todo em casa, e a noite vou pra faculdade. Também "suporto" o pessoal de lá, sendo o contrário da sua situação no inglês: a galera é bem mais velha que eu e é difícil me enturmar.
    Já fiquei muito deprê também, e sei exatamente pelo que você está passando. Não vou ficar falando um monte aqui porque escreveria linhas e mais linhas.
    É muito curioso eu ter encontrado uma pessoa que também passa por isso. No meu blog tem o link pro meu facebook, caso você queira me adicionar eu vou ficar muito feliz.
    Beijo, tenta melhorar viu?

    claramenteinsana.com

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do seu texto, da sua reflexão. às vezes me sinto assim também, como se não estivesse fazendo nada diferente ou relevante na minha vida. 2015 para mim foi tão fechado quanto 2014, passei só ocupada com os estudos o tempo todo, mal aproveitei. To tentando enfiar na minha cabeça que isso vai ter que servir para alguma coisa, e eu espero realmente que sirva.
    bjs
    blogtrashrock.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Flor, eu nem gosto de ficar pensando demais, viu?!
    Eu fiz essa mesma análise ha pouco tempo.
    O ano praticamente já acabou e eu não fiz absolutamente nada.
    Chega a ser assustador, né? nossa... :/
    Minha universidade praticamente ficou em greve o ano todo e eu estacionei, vixe.
    Que 2016 venha com bons ventos porque é bom e a gente precisa, né?
    Gostei do teu blog, vou te seguir ;)

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
  9. nossa penso tanto que as vezes durmo 24horas para não acordar e começar a pensar de novo !

    www.nataliloure.com.br

    ResponderExcluir
  10. Achei o máximo teu texto, a forma como descreveu tudo em tão pouco. Mas menina, levanta essa cabeça, sai desse quarto e vai encarar a vida e se seus pais falam que isso não é certo, vá contra eles. É melhor você seguir o seu coração, fazer o que você gosta do que passar a melhor parte da sua vida trancada em um quarto esperando o tempo passar.
    ARRISQUE-SE.
    Converse com seus pais, nada melhor do que o diálogo para as coisas se ajeitarem e se mesmo assim nada mudar, a única pessoa que precisará mudar é você e nesse hora você vai precisar de coragem e uma única certeza: VIVER .
    Já passei por isso, sei como se sente.
    bjuxxxxxxx
    www.taayvargas.com

    ResponderExcluir
  11. Poxa Jess, que texto triste! :/
    Seus pais são muito religiosos? Porque pelo que eu percebi eles te impedem de sair mesmo você já sendo maior de idade, e isso é bem estranho porque mesmo sendo menina geralmente depois dos 18 os pais ficam menos preocupados.
    Se algum dia bater a vontade de sair da zona de conforto tenta conversar com seus pais com calma e mostra pra eles que você não tá feliz do jeito que as coisas estão, isso vai pelo menos fazer eles pensarem um pouco e ficarem preocupados com o seu bem-estar.
    Beijos
    Infinita Feminice

    ResponderExcluir
  12. Poisé Jessie as vezes me sinto assim também. Super me identifiquei com seu texto. Muito bem feito!
    Beijão!

    estilodesobrababy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?
    Gostei bastante do texto, me senti bastante acolhido em suas palavras. Venho passando por não só um momento, mas momentos bem complicados e compreendi bastante o que disse. Já faz tanto tempo que procuro por a esperança dentro de mim, porém não encontro, simplesmente ando me tornando mais e mais depressivo. Enfim, mesmo assim venho tentando pensar positivo, dizem que é o certo a ser feito.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá Jess.
    Amei o texto. Ás vezes me sinto assim também, as coisa passam tão rápido e sem importância...
    Precisamos viver e apreciar mais a vida.
    Um Abraço,Borboletas de papel

    ResponderExcluir

Bom se você comentar aqui por favor fale da postagem e se você seguir avise-me que esta seguindo mais por favor fale da postagem, comentários como "seguindo, segue de volta" serão totalmente ignorados, comentários ofensivos a mim ou a qualquer outro blog sera excluído e ignorado, obrigado pela atenção.
Blog II *u*
RAWR Jhessy

Alguns emotions para você usar:

♥❤∞ ☆ ★ ✖ 。◕‿◕。® ™ ☏✿゚✤
(◕‿◕✿) 。◕‿◕。 ⊱✿◕‿◕✿⊰(◡‿◡✿)(◕〝◕)◑▂◐ ◑0◐ ◑︿◐ ◑ω◐ ◑﹏◐ ◑△◐ ◑▽◐
●▂● ●0● ●︿● ●ω● ●﹏● ●△● ●▽●
⊙▂⊙ ⊙0⊙ ⊙︿⊙ ⊙ω⊙ ⊙﹏⊙ ⊙△⊙
≡(▔﹏▔)≡

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...